BLOG COLETIVO

INTERAÇÃO DE AMIGOS.
VOCÊ, É A PÉROLA QUE FALTAVA. QUE BOM QUE VEIO.

Seguidores-onde foram parar??

MEUS VISITANTES.





Image and video hosting by TinyPic


Volte Sempre!!!
Estarei sempre aqui, lhe esperando.
s-16917http://2.bp.blogspot.com/_vzrlnu76oJw/S59hupVevMI/AAAAAAAAC5k/AbinGmJaIbo/s320/TOTOSANDRA.jpg


quarta-feira, 6 de outubro de 2010

COLETIVA INVERBIS- JÁ ERA NOITE....

Estou participando da 14ª Edição

Continue a história, conto, poema, etc a partir da frase "Já era noite quando saí de casa e decidi ir..."

Ir para onde? Saiu de casa por quê? O que aconteceu?
Usem a criatividade.
Minha foto
blog in verbis http://oprojetoinverbis.blogspot.com/

Já era noite quando sai de casa e decidir ir a te procurar.
Nas noites frias e cheias de saudades eu fui ao teu encontro.
Queri muito te ver. Falar do meu amor..de minhas saudades.
De minhas angustias. Do meu amor..
Já era nopite quando sai de casa rumo ao mar e jagar paalavras ao vento,
com a certeza que ele te levasse.
Como música suave cantasse aos teus ouvidos.


Já era noite quando sai de casa, para lhe falar do meu amor...
E no peito eu trago a saudade, de uma mor distante.
Lá fora a chuva fria e fina, cai lentamente.
E uma saudade louca invade o meu coração.
Meus olhos sem querer, deixam cair uma lágrima,
com sabor de dor!
Dentro do peito, um suspiro sufocado,

para ninguém perceber, o soluço que morre na garganta.
Olho pela janela e nada vejo!
Fico olhando a chuva, que cai no chão e lembro-me,

do momento em que nos conhecemos.
Você, ainda se lembra?
No olhar as lágrimas nascem rapidamente.
E não consigo controlá-las pois, você é a causa dessa dor!

A tristeza que está agora em meu olhar, é tão somente por não tê-lo...
A saudade maltrata o coração.
Fere e é capaz de deixar cicatrizes profundas.
Esta saudade, esta distância que nos separa,

que nos deixam longe um de outro, do nosso olhar, machuca muito.
Distante do teu perfume suave e gostoso, que exala numfrescor!
A noite, vai entrando madrugada a fora, e a saudade,
vai aumentando cada instante.
Na penumbra da noite, uma luz brilhando além.
Olho até o horizonte e entre as nuvens a sua imagem,
sorrindo como, se nada estivesse acontecido...
Na tentativa de aproximar, mais perto de você,
vasculho todo o meu ser.
E essa tentativa, fere-me profundamente.
Pois sei que não posso trazê-lo.
A única certeza que tenho é que posso, trazê-lo em meu pensamento.
Ficará a doce lembrança dos beijos dados com amor,
dos olhares que trocamos, e do pequeno romance que vivemos.
Já era noite quando sai de casa para falar de tudo isso.
Mas você não quiz me ouvir..
E então eu voltei triste e infeliz. Com lágrimas no olhos.
Já era noite... Muito noite...

(Autoria: Sandra Andrade).

5 comentários:

Sandra disse...

QUANDO SAI DE CASA PARA TE PROCURAR...ERIA MUITO TE ENCONTRAR PARA FALAR DO MEU AMOR VERDADEIRO...

QUANDO SAI DE CASA,DECEDI FALAR DO MEU CARINHO...DO MEU AMOR..
MAS AS VEZES O OUTRO NÃO TEM TEMPO PARA NOS OUVIR...

COLETIVA É TUDO DE BOM...

Chica disse...

Linda tua participação,Sandra!Boa sorte na viagem, vais aproveitar bem e o avião é bem legal!beijos,tudo de bom,chica

Irene Moreira disse...

Linda e doce DSandra
Seu texto, sua declaração de amor foi sublime minha amiga.
Adorei a participação.
Boa sorte!

Beijos e curta essa viagem e desvfrute dessas belezas de Fortaleza.

Sandra disse...

Obrigada Irene,
pelo seu carinho.
Até mais.
Sandra

Sandra disse...

Obrigada Chica por ter vindo compartilhar.
Carinhosamente,
Sandra