BLOG COLETIVO

INTERAÇÃO DE AMIGOS.
VOCÊ, É A PÉROLA QUE FALTAVA. QUE BOM QUE VEIO.

Seguidores-onde foram parar??

MEUS VISITANTES.





Image and video hosting by TinyPic


Volte Sempre!!!
Estarei sempre aqui, lhe esperando.
s-16917http://2.bp.blogspot.com/_vzrlnu76oJw/S59hupVevMI/AAAAAAAAC5k/AbinGmJaIbo/s320/TOTOSANDRA.jpg


terça-feira, 10 de agosto de 2010

COLETIVA IN VERBIS-ENTREI NO CARRO...UM DIA DAQUELES.

Esta é minha participação da 9ª edição do Projeto IN VERBISMinha foto
blog in verbis http://oprojetoinverbis.blogspot.com/

A Tarefa é de continuar a história, conto, poema, etc a partir da frase "Entrei no carro, dei a partida e..."

Foi para onde? É uma fuga? Uma visita?
Usem a criatividade.

Regras: O texto deve começar com essa frase, ela não pode ser colocada no meio nem no final.
A frase não pode ser alterada.

Obs:
Não serão aceitos textos dissertativos ou argumentativos. E os textos que não seguirem as regras acima serão desclassificados.

Para saber mais clique aqui.


ENTÃO VAMOS AO TEXTO....
UM DIA DAQUELES
http://t1.gstatic.com/images?q=tbn:K8sRCcoZjuV_PM:l
(foto net para ilustrar. Pois perdi o meu aruivo com a foto original)
"Entrei no carro, dei a partida e..." tudo corria naturalmente. Saímos de casa por volta das 9:00horas da manhã. Tudo transcorria tranquilamente. O que mais queríamos era ir visitar nossa familia. Eles moram em Otacilio Costa e eu e meu irmão moramos em Jaraguá do Sul. Cada um com a sua família.Tudo no Estado de Santa Catarina. Alegremente íamos, percorrendo o nosso destino. Mas, de repente meu coração começou ficar aflito. Um sensação estranha senti. Mas, automaticamente pensei em Deus e pedi proteção.. Quando entrei no carro e dei a partida, eu não imaginaria que fosse acontecer algo. Mas algo inesperado acontece. O incrível e inesperado momento.. Este fato aconteceu ano passado em Julho e agora vamos participar com a história verídica para este momento de Coletiva do blog IN VERBIS.
Entrei no carro e dei a partida..Melhor meu irmão, deu a partida, (pois não tenho carro)...
Nunca esperamos que pode acontecer conosco. Mas acontece...
Por mais cuidado que temos, o inusitado sempre acontece.
Meu irmão me convidou para irmos visitar nosso pai e mãe que moram na cidade de Otacílio Costa-SC, próximo a Lages.
Embora chovendo, saímos somente hoje de manhã com muita tranquilidade.
Quando de repente ao descer a Serra de Pomerode, (SC),quase no finalzinho da serra, o carro se desgoverna.
Rodopiamos várias vezes. E ao perceber que íamos cair numa ribanceira, rapidamente, indaguei o nome de Deus, pedindo Proteção.
Foi ai que o carro rodopiou mais uma vez, voltou de e com a direção travada, o carro bateu no paredão de pedra.
O carro virou, e ficamos presos numa valeta. Não tinha como sair pelo lado direito, (lado do coroneiro),pois fiquei em baixo.
Meu irmão com muito esforço abriu a porta do lado do motorista e com ajuda de outras pessoas, motoristas que por ali passavam, ele conseguiu abrir a porta sair e com muito cuidado.
Ele se apoiou e saiu por cima da janela. Subiu sobre minhas pernas e conseguiu sair.
Depois de um tempo consegui tirar o cinto de segurança e também pular por cima da janela.
Meu filho que estava junto, com 15 anos, também conseguiu sair.
Minha cunhada não foi e nem meu marido.
E quase que sofremos uma tragédia.
Os vidros se esmigalharam tudo sobre mim. Incrível. Nunca pensei que um dia pudesse passar por isso.
Mas graças a Deus tudo terminou bem .
A carro foi guinchado, mas tarde para ser concertado. Um casal que vinha de Pomerode com destino a Joinville, me trouxe de volta para casa. O susto na época foi muito grande.
Claro que a pista estava molhada, pois está chovendo muito por aqui. E com resíduo de óleo no caminho, tudo contribuiu para que ocasionasse o acidente.
Infelizmente não tenho a foto para mostrar. Mas não preciso. Sei que vai ficar por muito e muito tempo guardado na memória.
E sempre que passamos por ali, os fatos voltam na lembrança. Cada curva que viramos, lembramos com muita precisão do momento, dia e a hora.

Está é mais uma participação no Projeto IN VERBIS.http://oprojetoinverbis.blogspot.com/2010/08/9-edicao.html


NÃO DEIXE DE VISITAR....

Sinal de Liberdade-uma expressão de sentimento-

6 comentários:

Sandra disse...

Esta é mais uma história verdadeira e cheia de emoção.. Um dia daqueles, onde não é fuga. Mas sim para onde iremos e a nossa grande visita que não aconteceu. Somente seis meses depois podemosa retornar e ver a nossos pais.
Foi um dia de muito susto e adrenalina.

Ainda bem que tudo terminou bem..
Um ano depois a memoria ainda revive todos aqueles momentos...
O inesperado nos acontecem tbém.. Fica os medos na memorias, das longas viagens. Pois daqui até a casa de meus pais são 300 kms. Perto, mas que merece muito cuidados.
A Rodovia não é fácil. E as pessoas muitas vezes são improdentes.
Então estamos ai.. Com mais uma participação.
Espero que o orgnizador do Projeto goste.

Sandra

Chica disse...

Noossa, que susto e ainda bem que tudo acabou bem e estás aqui pra contar...beijos,chica

Sandra disse...

Obrigada Chica por ter vindo.
amei a sua presença.
sandra

Pandora disse...

Claro que sempre gosto de conferir seus textos amiga!!! Gosto muito desse espaço!! E que susto que vc levou ein??!! QUe bom que no final vc está bem!!!

Beijos e até a próxima!!!

Sandra disse...

Obrigada Pandora por ter vindo. Quew bom que compartilhou.
Carinhosamente,
Sandra

cristal de uma mulher disse...

existe minha amiga e vc está ai para contar este testemunho maravilhoso.
Beijos